19 março 2013

Em busca da verdade - capítulo 12

Aquela com certeza fora uma das noites que eu jamais vou esquecer.
Joe estava fazendo suspense, dizendo que me levaria pra um lugar diferente, não para ele, mas que eu não estava acostumada e que precisava experimentar. Quando chegamos no tal local, a música tocava muito alta, pessoas estavam se empurrando para todos os lados, pulando, dançando e a guitarra chorava sem parar, era a rebeldia acumulada em um só ambiente. Definitivamente me senti sufocada.
Joe: toma, bebe isso, vai se sentir melhor! - ofereceu um copo pra mim quando percebeu meu incômodo mais do que natural -
Demi: eu não bebo!
Joe: não tenha medo! - insistiu e eu bebi, imediatamente sentindo minha garganta queimar e reprimi os olhos como reação - vai com calma! - sorriu -

O álcool surtiu efeito no meu organismo rapidamente, logo eu estava dançando junto à aquela gente amontoada e...me sentia bem com isso. Joe aproveitava a situação pra passear com suas mãos por meu corpo enquanto também dançava, nos provocávamos, mas bastou um instante de sua distração para que eu me perdesse na multidão e me afastasse dele.
xxxxx: ei, gata, o que você faz aqui sozinha, heim? - um homem que eu nem tinha ideia de quem seria me pressionou contra a parede e me segurou pelo rosto. Podia estar bêbada, mas tinha plena consciência do que se passava -
Demi: me solta!
xxxxx: ah, qual é, gata, vamos nos divertir um pouquinho!
Joe: solta ela! - apareceu e eu sorri, aliviada -
xxxxx: e o que você ai fazer? - desafiou -
Joe: solta ela! - ameaçou e o cara me beijou à força, na frente de Joe que deu um soco no cara em seguida. O homem caiu no chão, mas logo se levantou e partiu pra cima de Joe. Ele era alto demais e não adiantaria qualquer tentativa de defesa que viesse de Joe, ele estava apanhando feio de mais dois caras que vieram só pra piorar a situação -

Eu gritava alto, na esperança de que eles me ouvissem e parassem, mas nada aconteceu, muito pelo contrário, a situação só piorou. Os valentões só terminaram com os golpes quando Joe mau podia se mexer no chão, eu me abaixei e o deixei meio sentado para que pudesse me ouvir.
Demi: Joe, por favor, fala comigo! - algumas lágrimas de desespero saíram de meus olhos enquanto eu tocava levemente seu rosto e o sangue de seus ferimentos sujava a ponta de meus dedos -
Joe: você... - disse, fraco - você... - tentou terminar a frase, mas eu tapei seus lábios com o dedo indicador -
Demi: não precisa falar nada! Eu vou ligar pro Taylor e talvez ele venha nos buscar!
Joe: você me ama! - disse por fim, forçando ao máximo um sorriso pra mim e eu sorri de volta -
Demi: você também! - disse e cheguei bem perto para depositar em seus lábios o beijo mais delicado que já dei -

Liguei para Taylor como havia prometido e logo estávamos no hotel.
Taylor: o que é que deu em você, cara, você nunca foi de brigar desse jeito! E ainda por cima embebedou a Demi!
Demi: eu to bem!
Taylor: então me explica esses olhos vermelhos!
Demi: isso não significa nada!
Taylor: significa que você estava até duas da manhã com ele - apontou pra Joe - fazendo besteira e estariam em Deus sabe onde se eu não tivesse chegado! - Joe riu de leve, ainda machucado e bêbado, nós olhamos confusos pra ele - o que foi?
Joe: você. - respondeu, simples - Acha que manda em mim! - se levantou e me abraçou pela cintura - acha que manda em nós! - Taylor nos encarou, entortando o maxilar brevemente, indignado -
Taylor: tudo bem! - deu de ombros - a vida é de vocês! - e saiu, percebendo que eu não protestaria -

Olhei dos lábios de Joe até seus olhos depois que Taylor saiu, ele me olhava com um ar vitorioso, como se tivesse vencido algo, como se eu fosse um prêmio, me apertou mais pela cintura e roçou nossos lábios. O que eu to fazendo?
Eu estou quebrando minha promessa, estou me submetendo...e eu estou gostando disso!

Próximo capítulo...

Oi, não vou poder responder aos comentários dos desabafos, mas eu agradeço a cada um deles, vocês são incríveis e isso aqui não seria possível sem vocês! E posso dizer, alguém aí esteve orando por mim porque a dor na cabeça aliviou, não passou, mas aliviou e eu não tenho uma crise faz três dias, então agradeço a Deus e quem orou por mim também!
Nota especial pra Jéss porque eu não to conseguindo comentar no blog dela e ela não comentou no meu útlimo capítulo, então ingorem esse trecho: Linda, eu acompanhei seu blog desde o início, então sei do que você é capaz, você tem talento e tenho certeza de que já chegou a uns 11 ou 12 comentários e eu NUNCA cheguei nem a 10, em nenhum dos blogs, e olha que você não tem nem seis meses ainda com seu blog e pode apostar que antes de você completar um ano, vai estar com mais de cem seguidores e eu fico muito orgulhosa de ter acompanhado cada passo seu, você sim tem motivos pra continuar, então não pense em desistir, porque mesmo que seja pra acontecer, ainda tá muito cedo! Beijusss
Comentários respondidos do capítulo passado aqui
Beijos

14 comentários:

  1. ahhhhhhhhhhhh . ameii ♥ lindoo

    tadinho do JOE =/

    possta logooo , bjsss amr ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooowwnn, obrigada, linda!*-*
      tadinho mesmo!kkk
      beijosssss

      Excluir
  2. Hum...fofo da parte do joe,tipo a demi e minha e minha e de mais ninguém.,rum...
    Aí deus,tadinho saiu todo machucado....
    Tá perfeito,apaixonada aqui,
    Posta logooo,
    Beijos ».«

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, muito fofo mesmo!kkk
      beeemmm machucado!haha
      obrigada linda!
      beijooss
      aiinn amei esse emotion!*-*

      Excluir
  3. É a primeira vez que uma pessoa me elogia assim e eu choro de verdade e agradeço por que as vezes acho que não mereço isso tudo!
    Vlw mesmo...
    É bom saber que você esta se sntindo melhor graças a Deus.
    Voltando a assunto fic...
    As vezes eu comento pelo celular então pode ser que não foi por que eu costumo postar comentarios pelo celular vai ver que foi isso que aconteceu por que seu blog esta nos favoritos do meu celular... Eu leio sempre na aula de portugues pois é mais interresante kkkkk!
    Demi enchendo a cara tipo :O minha nossa, Joe não é um tipo de boa influencia mais gosto delee mesmo assim... Vagabundo mais gosto!
    Eles se ama... O M g! Eles se amam :-*
    Já nem preciso dizer para postar logo não é mesmo!
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você merce, linda!:D
      Nossa, você nem imagina!kkkk
      tudo bem, amore, não tem problema, acontece mesmo!kkkk
      kkkkkkkk morri de rir com isso!
      esse era a visão que eu queria passar dele, sabe?? Má influência!kkkk
      não tem como não gostar!kkkk
      kkkkkk
      não, não precisa!
      beijosss

      Excluir
  4. heeey
    ameeei o capitulo,menos a parte da confusão claro kk
    aiai a cena da ddemi perdida no meio de umonte de gente veio na minha cabeça kkkk nao sei porque mas foi engraçado u.ú
    que dó do tay :( foi ajudar e ainda levou patada #tenso
    kkk poste logooo
    beeijos!
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom, amore!
      kkk
      seria mesmo!kkk
      pior, os bonzinhos sempre sofrem, tadinhos!:(
      beijoss

      Excluir
  5. Eita treta
    Mas eu amei o capitulo
    A fic é Perfeita *-*
    E PLEASEEEEE
    Posta logooo
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nem imagina!kkk
      que bom!*-*
      beijinhos amore miu!

      Excluir
  6. Eu não li desde o começo, mas só pelo o que eu li nesse capítulo, sério, é fantástico! IWOEIWO' Vou começar desde o começo, achei perfeito. E que briga hein. u_u
    Beijos!

    Designer Lovers

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooowwn, obrigada linda!*-*
      que bom que gostou, sério mesmo!
      ô, nem me fale!kkkk
      beijoss

      Excluir
  7. Vou lá ver os outros, já li esse por acaso rsrs Adorei *u*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou, linda!:)
      beijos

      Excluir