22 agosto 2013

Damned Blood - Capítulo 2

Eu não iria dançar. Não importava o que Mike e Jennifer fizessem para me convencer eu não iria dançar!
O baile de primavera estava chegando e anualmente a Wisky High tem a tradição de escolher cinco casais para apresentar uma dança, que tem de ser bem coreografada. Os casais disputam entre si pela coroa de rei e rainha do baile. O objetivo é arrecadar dinheiro com os ingressos das apresentações no baile para a escola, pois o governo da cidade não tem sido generoso e a escola está bem carente. E agora meus melhores amigos estavam tentando me convencer a participar. Eles disputariam juntos pela coroa e eu não fazia idéia de quem chamar.
- Por favor, Ammy, você dança tão bem e você nunca vem para o baile da escola, sempre fica assistindo a filmes de terror em casa e sozinha! – Jennifer apelou.
- Vocês sabem o que eu penso disso, pessoal. E mesmo que eu participe, quem seria o meu par?

Mike sorriu de sua carteira e indicou com a cabeça um cara distante de nossas mesas. Ele lia o livro de história quieto e quase não desviava o olhar, parecia bem concentrado. Tinha cabelos louros, lisos e soltos, músculos apertados contra a camisa de algodão de manga curta preta e até de longe eu podia ver pelo perfil que os lábios eram bastante desejáveis.
- O nome dele é Logan. – Mike disse – Entrou esse ano e soubemos que vai participar, mas... – ele mordeu o próprio lábio – Não tem um par.
- Nem pensar. – eu logo disse – Eu nem conheço o cara!
- Você só vai dançar com ele, não vai se casar! – Jennifer argumentou.
- Por favor, evite falar de casamentos na minha frente! – pedi, sabendo que se mencionasse o ocorrido de três dias atrás talvez eles desviassem o assunto para isso e eu poderia voltar a falar sobre a paranóia de minha avó e seu escapulário “mágico”, que por sinal, esqueci completamente de tirar e acabei me acostumando a ele no meu pescoço.
Mas então o sinal bateu e o professor Harris entrou na sala.
- Você não vai escapar tão fácil! – Jennifer disse, me cutucando da carteira atrás de mim, aonde sempre se sentava.

Sorri e me acomodei pra assistir a aula. Eu não odiava a escola, as aulas não eram tão difíceis e as pessoas de quem eu não gostava era só evitar me encontrar no corredor ou em qualquer outro lugar.
Estava distraída com a lista de questões que o professor passou, estavam no livro e eu só teria de procurar algumas palavras-chaves rapidamente, quando Mike me cutucou da carteira de onde estava que era ao lado esquerdo da minha e me passou um pequeno pedaço de papel dobrado sorrateiramente. Franzi o cenho, mas escondi o papel junto ao caderno e desdobrei pra saber o conteúdo.

SABE QUE EU NÃO VOU DESISTIR. O QUE EU TENHO DE FAZER PRA TE CONVENCER?

Revirei os olhos e ri levemente, virei o papel e escrevi no verso:

ME ARRUMA UM EMPREGO. TOPA?

O problema era que depois de tardes seguidas jogando em fliperamas sem pagar eu acabei acumulando uma dívida considerável, e como minha mãe se recusa a me ajudar e ainda por cima cortou a mesada pra me punir, eu tinha de arranjar um jeito de pagar, e rápido. Eu tenho um vício com jogos antigos.

TUDO BEM. APAREÇA AMANHÃ ÀS QUATRO NO INFERNO.
BELEZA. Eu disse.

Mike também era de uma família rica, eles tinham um império de lojas de sorvete e viviam dizendo que um dia Mike assumirá tudo, por isso ele chama todas as lojas de inferno, especialmente a que fica perto de sua casa porque os maiorais da escola que passam por lá vivem tirando onda com a cara dele por ele não ter escolha de emprego.
Eu iria trabalhar lá, mas não pra sempre. E o lado ruim de tudo isso era que agora eu tinha de convidar o novato pra dançar comigo.
Peguei minhas coisas da carteira quando o fim do horário foi anunciado e me dirigi para o meu armário para pegar os livros da próxima aula, sabia que Mike e Jennifer estariam ocupados com os detalhes do ensaio, então não me preocupei muito com eles. Vi o novato a dois armários distante do meu e me peguei pensando se valia mesmo a pena, quer dizer, eu nem conhecia o cara. Mas precisava do dinheiro.
Fiquei passando um dedo em volta do outro de uma de minhas mãos, coisa que faço quando penso apreensivamente, até que vi Lisa Watison se aproximar dele com aquele sorrisinho que sugeria segundas intenções. Ela não era uma má pessoa, longe disso, eu apenas não gostava de pessoas certinhas demais. Assisti a cena de longe para que os dois não me notassem.
- Oi, você é o Logan, certo? – Lisa perguntou com mais certeza do que dúvida.
- Sim. – ele respondeu – E você é?
- Lisa. – ela sorriu – Escuta... Tem esse baile chegando e eu queria saber se você ta afim de ir comigo?

Eu queria poder dizer que fiquei na minha, que não fiz nada e que apenas o deixei responder. Mas seria uma completa e descarada mentira. Avancei como quem não quer nada e envolvi Logan com meu braço por cima de seu ombro, sorrindo como se tivéssemos mais intimidade do que pensavam.
- Oi, Logan, você não me disse que tinha uma amiga. Quem é ela?
- Lisa. – a garota mesmo se apresentou, ainda bem, pois poupou o cara de um possível constrangimento. Já eu não estava nada constrangida, adorava estourar a bola dos outros, além disso, ele era minha única companhia pro baile disponível e eu não podia arriscar perder – Quem é você?
- Ammy. – sorri em uma falsa simpatia – Parceira do Logan pro baile de primavera. Vamos até competir pela coroa!
Logan me encarou, estreitando os olhos com aceitável confusão já que ele nem me conhecia, mas daqui a pouco iria me agradecer, Lisa costuma ser detestável quando queria.
- Boa sorte pra vocês então. – a garota disse e saiu, quase soltando fogos pelos olhos.

Eu ri e retirei o braço de seus ombros, me encostei em um armário à esquerda do seu e comecei a observar para ver qual seria a reação dele perante minha última loucura. Para minha surpresa ele apenas manteve seu sorriso curioso nos lábios, tirou um livro, fechou o armário e se afastou.
- O quê? Não vai dizer nada? – eu disse correndo atrás dele.
- O que eu deveria dizer? Ah é, que horas eu passo na sua casa?
- Como é?
- Você só fingiu estar comigo pra afastar a Lisa porque quer ir mesmo ao baile comigo, ou eu estou enganado? – ele arqueou uma sobrancelha e eu permaneci encarando-o, é, ele não era nada lerdo. E era alto, eu também era, mas ele me superava a um palmo mais ou menos e tinha um olhar de quem sabia mais do que falava. Só que alguma coisa me dizia que eu não iria querer descobrir o que era. Pela primeira vez na minha vida eu estava intimidada.
- Sete horas... – quase sussurrei, sentindo o sangue gelar de nervoso como não fazia em anos – Sabe onde fica minha casa?
- Família Dale. Importante em Seatle por seus imóveis caros. É, eu acho que sei onde fica.
- Hum... Quer mesmo competir pela coroa?
Ele me deu outro sorriso, mas sem mostrar os dentes, parecia rir por dentro da minha lerdeza pra concluir rapidamente que ele estava apenas zoando com a minha cara, e se afastou. Dessa vez eu estava sem mais perguntas.
E... Foi assim que eu conheci Logan.


E aí está o capítulo 2, espero mesmo que tenham gostado e, meninas, por favor comentem, não precisa ser os sete livros do H. P. aqui, só preciso saber que leram. Beijos
Respostas

8 comentários:

  1. Oi Minha Flor mais bela do cerrado !
    Morri de rir da Ammy convidando o Logan ~Lisa deve está se roendo kkkkkkk~.
    To achando que esse baile vai ter emoções ~to achando u.u~
    Adorei tudo mesmo simplesmente extraordinário o capítulo u.u
    Aguardando o próximo capítulo ansiosa ~muito mesmo~
    Beijos >.<

    ResponderExcluir
  2. OMG!!!
    Lyyaaaaaaa ficou perfeito!!!
    comecei a sorrir igual uma boba,quando a Ammy fez aquilo!Eu achava que ela era a típica garota tímida...é,eu me enganei feio u.u
    Oh My Goshhhh esse logan é o mesmo do prólogo!!!
    estou um tanto histérica aqui!!
    Acho que deu pra perceber,pelo tanto de exclamações do comentário u.U
    Xonei no Logan!!
    Nossa,se eu já to assim no segundo capítulo,no último eu vou estar na lua de mel com ele kkk
    Posta logo,to tendo um troço aqui!!
    Beijoos diva!!
    <3 :* <3 :*

    ResponderExcluir
  3. Anônimo14:56

    Eu li :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo15:00

      Kkkkkkkkkk brincadeira, eu não vou comentar só isso minha linda!
      Olha eu estou de quico caído!
      Tá simplesmente perfeitooooooo!
      Quero só ver se vai me fazer gostar de história de vampiro hein?! Hahahahaha até agora tá conseguido ;)
      Desculpa não ter comentado no capitulo anterior é que a faculdade tá me matando :/
      Mas eu li e AMEI assim como esse capitulo!
      Espero que vc ganhe logo seu notebook

      Excluir
  4. Anônimo15:04

    O iPod ficou louco :/
    Bem, como ia dizendo, espero que vc consiga postar logo e eu tô amando a fic!
    Bjuuuus, minha linda! :*****
    Sammy

    P.s.: tô em anônimo pq não tô pelo PC :(

    ResponderExcluir
  5. Desculpas!
    Eu fiquei de comentar mo primeiro mais estava cheia de trabalhos para fazer.
    Não me lembro de ter comentado... Se eu comentei ignore o recado acima! Ultimamente estou com muita coisa na cabeça e acabo esquecendo O.o
    Aquele acidente me deixou com a pulga atrás da orelha em relação ao culpado.
    A Ammy é uma irmã perdida minha só pode! Kkkkk' e essa avó que não explica as coisas direito, poxa vida hein kkkkkk.
    A Lisa se ferrou! Esse Logan deve ser muito bonito, não vejo a hora de saber o que vai rolar entre esses dois. Obviamente vai rolar! Eles vão dançar juntos e bem... Eu prevejo algo entre eles :)
    Estou certa?
    Acho que sim :)
    Beijos.
    Posta logoooooo!

    ResponderExcluir
  6. Volteei! HAHA' ESPERO QUE VOCÊ NÃO TENHA ME ABANDONADO!

    SÉRIO! ISSO TA PERFEITO PERFEITO PERFEITO DEMAIS! POSTAA LOGOOO !!!!!!!!!! BJOS!

    http://ijustwantifeelloved.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei , estou curiosa
    Posta logo
    beijokas

    PS: Deves te lembrar do meu blogs, estou a Fazer o teu casamento.

    ResponderExcluir